Virtualização – Hyper-V Windows 10 – Criando máquinas virtuais com discos diferenciais + SYSPREP | Aula 2
Curta ✔ Comente ✔ Compartilhe ✔ Inscreva-se ✔
http://professorramos.com & http://aulaead.com
Facebook do PROFESSORRAMOS: https://www.facebook.com/aulasprofessorramos

Criando discos rígidos virtuais

Antes de criar um disco rígido virtual, verifique se compreendeu qual é o armazenamento físico necessário para o arquivo .vhd. Os requisitos de armazenamento são diferentes para os diversos tipos de discos rígidos virtuais. Os tipos de disco e os requisitos de armazenamento são os seguintes:
• Disco rígido virtual de expansão dinâmica. Esse tipo requer um mínimo de 8 MB de espaço livre na mídia de armazenamento físico. O tamanho do disco (e o arquivo .vhd) cresce à medida que o disco é usado, até o tamanho máximo especificado quando o disco foi criado.
• Disco rígido virtual fixo. Esse tipo requer tanto espaço de armazenamento físico quanto o tamanho especificado quando o disco foi criado. O tamanho do arquivo .vhd é igual ao tamanho do disco rígido virtual e permanece inalterado.
• Disco rígido virtual diferencial. Esse tipo requer uma pequena quantidade de armazenamento físico quando ele é criado e requer mais armazenamento conforme o tamanho do disco cresce. O tamanho máximo de um disco diferencial é restrito pelo tamanho máximo do seu disco rígido pai.

Obs*: Evite o uso de discos diferenciais em máquinas virtuais executadas cargas de trabalho do servidor em um ambiente de produção.


VMs utilizando discos diferenciais tem as principais vantagens:

Economia de espaço em disco: Como ele pega somente as informações diferenciais, se tivermos uma VM matriz com 10GB de espaço e mais três VMs com discos diferenciais onde cada uma ocupa 3GB teremos no total 19GB de espaço em uso para quatro VMs. Sem os discos diferenciais o espaço ocupado seria de 40GB (4 VMs * 10GB), ou seja, seria necessário o dobro de espaço em disco.

– Praticidade na criação das VMs: É possível configurar a VM com disco matriz de acordo com a sua necessidade. Por exemplo, podemos baixar todas as atualizações do Windows na VM matriz e ao criar a VM com disco diferencial a mesma herdaria todas as atualizações. Sem os discos diferenciais, para cada VM seria necessário instalar todas as atualizações.

É recomendado apenas para ambientes de homologação e laboratórios, jamais utilize esse método em ambiente de produção.

Aula1: http://professorramos.com/index.php/virtualizacao-instalando-e-usando-o-hyper-v-no-windows-10-pro-vm-2012-server-r2/

Leandro Ramos – Maio de 2016 – http://professorramos.com & http://aulaead.com